Globedia.com

×
×

Error de autenticación

Ha habido un problema a la hora de conectarse a la red social. Por favor intentalo de nuevo

Si el problema persiste, nos lo puedes decir AQUÍ

×
cross

Suscribete para recibir las noticias más relevantes

×
Recibir alertas

¿Quieres recibir una notificación por email cada vez que Star.med.br escriba una noticia?

O que é Telemedicina

09/08/2021 08:15 0 Comentarios Lectura: ( palabras)

A telemedicina é a prestação de serviços de saúde a distância através do uso de tecnologias de telecomunicação e imagem. Devido ao suporte remoto, ela pode entregar muitos cuidados da saúde que são considerados recursos limitados para grande parte da população

Telemedicina é a prestação de serviços de saúde a distância através do uso de tecnologias de telecomunicação e imagem. Devido ao suporte remoto, ela pode entregar muitos cuidados da saúde que são considerados recursos limitados para grande parte da população.

Neste artigo, você vai ler sobre:

  1. As Atividades Mais Comuns de Telemedicina
  2. Os Benefícios da Telemedicina
  3. A Regularização da Telemedicina
  4. A Perspectiva da Telemedicina no Brasil

O assunto é importante para atualização do conhecimento de médicos, gestores e profissionais da Medicina. Isso porque, tão recente na literatura médica, a Telemedicina abrange serviços de saúde, educação, administrativos e informações médicas que podem ser transmitidos por longas distâncias.

Portanto, esperamos que você tenha uma boa leitura e que este artigo possa proporcionar boas considerações.

 

1. As Atividades Mais Comuns de Telemedicina

O termo Telemedicina foi utilizado pela primeira vez em 1950. Descrito em um artigo que discorre sobre a transmissão de imagens de radiologia por telefone. Neste conteúdo, vamos abordar as atividades mais pesquisadas: TeleassistênciaTeleducaçãoTelerradiologia Telecirurgia.

 

tele assistência em telemedicinaTeleassistência, o atendimento médico a distância.

Teleassistência pode ser descrita simplesmente como assistência médica a distância. Isso porque esse segmento da telessaúde permite que uma pessoa seja monitorada em sua própria residência por profissionais médicos.

Ou seja, em casos de emergência, o socorro pode ser prestado em poucos minutos. Para isso, o paciente, ao sentir mal-estar, pressiona um botão que liga automaticamente para o serviço de Telemedicina. Em alguns casos, ele é também observado através de monitoramento 24/7.

Certamente, benefício da Telemedicina, especialmente nesses casos, é sustentada. Visto que a tecnologia pode amparar idosos, gestantes, deficientes físicos e pós-operados. Pacientes, esses, que requerem extrema atenção.

 

teleducação em telemedicina

Teleducação, o ensino a distância.

Telemedicina também abre portas para o desenvolvimento intelectual e profissional do médico. Isto é, teleconferências, videoaulas e plataformas de e-learning podem ser utilizadas para a educação médica continuada. Atividades essas que são utilizadas e reconhecidas também em diversas outras áreas.

Além disso, dentre os métodos explorados atualmente pela teleducação e pela telessaúde, encontramos o conhecido aprendizado baseado em problemas (ABP). Nesse, os alunos são motivados a desenvolverem habilidades na solução de problemas em casos clínicos através da educação a distância.

Isto é, a tecnologia possibilita que alunos possam presenciar os casos clínicos dos mais comuns aos mais complexos. Portanto, é uma preparação que tange um grande diferencial para o currículo profissional e para o conhecimento do aluno participativo.

 

telerradiologia em telemedicina

Telerradiologia e telelaudo, emissão de laudos a distância.

Telerradiologia é um serviço de radiologia a distância. É um dos segmentos da Telemedicina que vem ganhando espaço no dia a dia de hospitais e clínicas. Oferece suporte aos serviços de radiologia otimizando todo o processo de realização dos exames, desde sua marcação com uma história clínica adequada do paciente, orientação de protocolos, até a entrega de um laudo de qualidade.

Esse segmento da telessaúde é uma vantagem para centros de diagnóstico por imagem de clínicas e hospitais, pois:

– agiliza o tempo para entrega de resultados aos pacientes;

– capacita a entrega de resultados de acordo com a real urgência dos casos;

– viabiliza a entrega de resultados para exames urgentes;

– dispõe de médicos radiologistas especializados e subespecializados para regiões distantes de zonas metropolitanas;

– auxilia o serviço de radiologia para a cobertura de férias e em caso de ausências não planejadas da equipe local de médicos radiologistas;

– minimiza os problemas de qualidade dos laudos (erros de interpretação das imagens) com a consultoria a distância (peer-review);

– é uma alternativa ao custo elevado de manter médicos radiologistas atuando em plantões nos períodos noturnos e finais de semana;

– é uma saída para que a variação do volume de exames, em alguns períodos, não seja coberta pelo custo fixo;

– dispõe a assessoria médica para técnicos de radiologia, inclusive em períodos de plantão noturno e finais de semana;

– disponibiliza os resultados de exames e imagens médicas para acesso aos médicos que os solicitam.

 

telecirurgia em telemedicina

Telecirurgia, a especialidade cirúrgica a distância.

Telecirurgia é a atividade na qual o cirurgião atua remotamente. Isto é, a visualização e manipulação são realizadas em local remoto através de dispositivos de telecomunicação de ponta.

O objetivo dessa atividade é prestar atendimento cirúrgico aos pacientes com limites de acessibilidade, que estão em ambientes perigosos ou que constituem risco à equipe cirúrgica. Portanto, para situações que não podem ser executadas dentro dos padrões normais de saúde.

Telecirurgia é praticada de duas maneiras. Através da teleconsulta, onde a assistência é prestada a um cirurgião por um especialista remoto durante o procedimento cirúrgico. E, através da chamada cirurgia robótica, onde cirurgiões qualificados manuseiam, a distância, braços robóticos, microcâmeras, ultrassom, laser e instrumentos, entre outros.

 

teleconsulta em telemedicina

Teleconsulta, a consulta médica a distância.

Teleconsulta nada mais é do que a consulta médica realizada a distância através da telecomunicação e imagem.

Isto é, através da internet, com aplicativos e plataformas online, é possível que o médico realize o atendimento remoto do paciente. Ou seja, não há necessidade que ambos estejam no mesmo local para prosseguir com a consulta médica.

A modalidade pode ser realizada tanto entre o médico e paciente como também entre profissionais de saúde para esclarecimento de dúvidas.

Além disso, a Teleconsulta, por ser um tipo de comunicação entre emissor e receptor, pode apresentar mais algumas especificidades. Ou seja, ela pode ser comunicação síncrona ou assíncrona.

No primeiro caso, ela indica a transmissão imediata, onde emissor e receptor estão conectados em tempo real através de um software de comunicação online (como visto na telecirurgia).

No segundo, o atendimento não é simultâneo e pode ser realizado como uma espécie de perguntas e respostas através de e-mails ou softwares específicos e integrados. Portanto, não há necessidade do imediatismo ou da presença em tempo real dos envolvidos (como na telerradiologia).

 

Continue lendo em Telemedicina: o que é, regulamentação e +5 subespecialidades (star.med.br)


Sobre esta noticia

Autor:
Star.med.br (52 noticias)
Visitas:
5984
Tipo:
Opinión
Licencia:
Copyright autor
¿Problemas con esta noticia?
×
Denunciar esta noticia por

Denunciar

Etiquetas

Comentarios

Aún no hay comentarios en esta noticia.